play_arrow

keyboard_arrow_right

skip_previous play_arrow skip_next
00:00 00:00
playlist_play chevron_left
volume_up
chevron_left
  • Home
  • keyboard_arrow_right Texto
  • keyboard_arrow_right Mente Humana
  • keyboard_arrow_right Peças que seu cérebro lhe prega

Texto

Peças que seu cérebro lhe prega

Christian Gurtner 17/09/2013 347


Background
share close

Nosso cérebro é um computador poderosíssimo e ainda relativamente misterioso. Ele é capaz de realizar tarefas que nem percebemos e reagir a estímulos de forma eficaz e fantástica, tudo para nossa sobrevivência. No entanto, algumas ações desse órgão cinzento chegam a ser engraçadas, como se ele nos pregasse peças. Conheça cinco peças que seu cérebro lhe prega:

Seu cérebro não é um bom multitarefas

Vamos fazer um rápido experimento: sentado em sua cadeira, erga de forma ereta a perna direita e comece a girá-la em sentido horário. Continue girando e, ao mesmo tempo, erga sua mão direita e desenhe no ar o número “6″. Fácil não é? Exceto pelo fato de que agora você, sem nem perceber a troca, está girando sua perna no sentido anti-horário.

Você foi enganado(a) pelo seu cérebro preguiçoso. Ao perceber uma tarefa oposta entre os membros superior e inferior, e em vista da dificuldade do que você estava prestes a fazer, o lado esquerdo do seu cérebro encontrou uma saída mais prática: ajustar o membro inferior — que estava no piloto automático — para trabalhar no mesmo sentido do membro superior. Por isso que você achou tão fácil. Pelo menos agora você para de se gabar dizendo ser multitarefa.

Cegueira para mudanças

Seu cérebro não pode prestar atenção em tudo. Caso isso acontecesse, você ficaria louco(a). Por isso a CPU humana está sempre escolhendo em quê prestar atenção de acordo com a importância. No entanto, isso causa uma surpreendente cegueira, nos fazendo não perceber até enormes mudanças que acontecem bem diante de nossos olhos. Confira o vídeo com um experimento comprovando isso:


Você possui um avançado sistema de piloto automático

“Não me lembro dos últimos quilômetros dirigidos até chegar em casa”. Toda vez que você pensar isso ou algo parecido, pode saber: seu cérebro estava no piloto automático.

Isso acontece com o aprendizado repetitivo, como andar de bicicleta. Os dois circuitos que controlam um aprendizado motor — um responsável pelos movimentos do corpo e o outro pela cognição — balanceiam as tarefas. Quando se está aprendendo, o circuito cognitivo está a todo vapor, depois que já se aprendeu e praticou bastante, o circuito motor toma conta da maioria das ações para a realização dessas tarefas. Enquanto o cognitivo vai se preocupar com outras coisas.

Seu cérebro comete plágio sem você saber

Já contou um caso para alguém e essa pessoa lhe diz perplexa que foi ela quem lhe contou esse mesmo caso?

Seu cérebro detecta ideias geniais de terceiros mas não dá muita atenção, afinal, a ideia não é sua. Contudo, por gostar, ele guarda as informações básicas dessa ideia no seu subconsciente, ou seja, só a ideia em si, nada de autoria ou situação em que foi absorvida. Com o passar do tempo seu subconsciente leva essa ideia novamente a tona, mas em forma de um novo pensamento, pois não tem registrado nenhuma origem desse pensamento — logo interpreta como se fosse original. O nome disso é criptominésia.

Ao contrário de você, seu cérebro não vive sem trabalho

Não adianta meditar, esvaziar a mente ou o que for. Se você passou sua vida inteira enxergando, ouvindo e sentindo, seu cérebro se acostumou a processar todos esse dados que recebe sem parar e, por isso, não pode mais parar. Se de repente você for privado de ver, ouvir e sentir ao mesmo tempo, seu cérebro vai começar a inventar sons, visões e sensações para processar. Aí você já viu: fantasmas, unicórnios e diversas coisas que você juraria que viu/ouviu/sentiu. Existe até um experimento que você pode fazer em casa — não fiz e não recomendo, mas para os aventureiros aí vai: deite-se na cama, coloque som estático numa caixa de som e prenda com fita adesiva duas bolas de pingue-pongue, uma em cada olho. Relaxe a aguarde a efeito LSD.

Tagged as: , .

Rate it
Publicação anterior

Participe da Discussão