play_arrow

keyboard_arrow_right

skip_previous play_arrow skip_next
00:00 00:00
playlist_play chevron_left
volume_up
chevron_left
  • Home
  • keyboard_arrow_right Texto
  • keyboard_arrow_right Ensaios
  • keyboard_arrow_right A futilidade e a ignorância criam celebridades grotescas

Texto

A futilidade e a ignorância criam celebridades grotescas

Christian Gurtner 17/04/2014 2


Background
share close

“A massa nunca se eleva ao padrão do seu melhor membro; pelo contrário, degrada-se ao nível do pior.”

Essa frase é creditada a Henry David Thoreau e eu nunca me canso de utilizá-la. Isso porque ela se aplica a tudo que envolve o povo, desde política e ideologia até ao reconhecimento do talento, sobre o qual iremos prosseguir.

Antes de efetivamente iniciar este texto, vamos assistir à esse pobre coitado que, assim como vários outros, tentou ganhar algumas moedas tocando seu violino em uma estação de metrô:

O vídeo é acelerado — mas o áudio não (apesar de parecer) — para mostrar que das mais de mil pessoas que passaram por ele, somente meia dúzia pararam por alguns segundos para ouvir um pouco e depois seguiram seu caminho deixando algumas moedas ou uma nota. Ele saiu de lá com $32.

Ele não se importou por não ter ganhado muito dinheiro, pois isso não é um problema para ele, afinal, dois dias antes, ele havia lotado o Boston’s Stately Symphony Hall onde ingressos eram vendidos por $100 cada.


Para ver o restante desse artigo (e ter acesso a vários outros exclusivos) você precisa ser um assinante Premium e estar logado. Já é assinante? Faça o login abaixo. Ainda não é assinante? Assine.

 
0 0 vote
O que achou?

Tagged as: , .

Publicação anterior

Participe da Discussão

Inscrever
Notificar por
guest
2 Comentários
Mais novos
Mais antigos Mais votados
Feedbacks no texto
Ver todos os comentários